Como adicionar Video Marketing a sua estratégia de Marketing Digital

O Video Marketing é importântissimo para qualquer estratégia de Marketing Digital. Pensando nisso, fizemos esse artigo ilustrando os pontos fundamentais dessa grande ferramenta.


Nós aqui da Smarty vimos que o mercado ficou muito interessado quando trouxemos o conceito de video marketing, mas ao mesmo tempo não entendiam muito o que significava. Não é para menos, enquanto nos Estados Unidos e Inglaterra tem diversas empresas especializadas nesse assunto, como também diversas publicações. Um exemplo disso é o podcast da Wirebuzz, que é publicado semanalmente.

Aqui no Brasil ainda é muito vago, tem algumas empresas e conteúdos focados em Youtube Marketing. Sendo que há muito mais possibilidades do que o Youtube. Há diversos cases usando Stories do Instagram, lives no Facebook, vídeos no Twitter… Mas afinal, o que é video marketing? Por que sua marca não pode deixar de aplica-lo?

Segue o texto abaixo para saber mais e no final ainda temos um presente para você que está interessado nesse assunto:

Conteúdo

O que é video marketing?

o que é video marketing

A definição de Video Marketing não é nada complexa. O próprio nome já diz muito sobre esse movimento. Podemos dizer de forma simples, que é basicamente o uso de vídeos em sua estratégia de marketing. Sendo ela para promover ou comercializar sua marca, produto ou serviço. Video Marketing é o trabalho de ter uma estratégia e publicação de vídeos no dia a dia das marcas.

E a partir disso o vídeo deixa de ser aquele comercial super produzido uma vez no trimestre, para ser algo recorrente e interativo. Fazendo parte da vida do público e da marca como um conteúdo e storytelling. Quando falamos de vídeos além da propaganda tradicional, é normal as pessoas pensarem e se limitarem exclusivamente ao YouTube.

Mas aí está um grande equívoco, pois o marketing digital engloba diversas mídias sociais. Facebook, Instagram, Twitter, são alguns desses exemplos. Vale lembrar que outras plataformas de vídeos além do YouTube, surgem quase que diariamente de olho nesse mercado que cresce exponencialmente.

Um exemplo disso é a rede Twitch, um site de streaming inicialmente voltada a vídeo de games ao vivo, que hoje abre suas portas e se mostra um tanto quanto atraente para produtores de conteúdo. O mercado já percebeu a crescente dos vídeos, não só pelo surgimento de concorrentes ao YouTube. Mas também no modo que as redes sociais estão mudando seus algorítimos para se adaptar melhor a essa nova realidade.

Além disso, as grandes marcas estão cada vez mais assíduas nesse novo mercado, mas afinal, como surgiu o video marketing?

O surgimento do video marketing

O video marketing surgiu depois de uma pesquisa realizada pela Cisco. Ela mostrou que devido a alguns fatores como o aumento da quantidade de pessoas que usam frequentemente a internet. Juntamente com a crescente ao investimento em qualidade nos audiovisuais. A previsão é que já em 2020, 82% de todo o tráfego da internet seja gerado por vídeos.

Ainda segundo a Cisco, nesse ano, uma pessoa demoraria 5 milhões de anos para assistir toda a quantidade de conteúdo audiovisual que será postada na internet. Então, as marcas começaram a ficar atentas a isso. Assim como as plataformas de redes sociais (Facebook, Instagram, Linkedin, Twitter…) estão direcionando seus algoritmos e funcionalidades para isso.

Por que usar vídeos em sua campanha de marca?

Produções audiovisuais sempre foram um sucesso. Porém o alto custo de produção e divulgação/distribuição, permitia que apenas empresas grandes e com alto valor aquisitivo pudessem ter acesso a esse tipo de conteúdo. O que mudou completamente graças a tecnologia, facilitando desde a criação até a promoção desses vídeos em grande escala.

Em um mercado extremamente competitivo, os conteúdos em vídeo auxiliam a marca a ganhar participação no mercado, atingir o público e alcançar alguns de seus objetivos de relações públicas. Além disso, o vídeo é facilmente digerido pelo publico, que tende a engajar mais e se sentir próximo a marca. Isso é facilmente explicado quando entendemos alguns dos pontos fundamentais dos vídeos:

  • Alto poder de convencimento
  • Inspira confiança e credibilidade
  • Não é apenas para assistir, é também para interagir
  • Os mecanismos de buscas preferem conteúdos em vídeo
  • Extremamente virais
  • Aumentam a taxa de conversão
Alto poder de convencimento:

Quando a mensagem passada por uma marca se mostra mais humana, automaticamente ela é melhor aceita pelas pessoas. O envolvimento emocional é o que define o impacto que a mensagem pode causar em cada um de nós. E não há como negar que os vídeos se mostram melhores nesse quesito. Seja com uma música, uma voz, ou até mesmo uma imagem.

Inspira confiança e credibilidade:

Nesse quesito, mais uma vez os vídeos tem ampla vantagem em relação aos demais conteúdos. Justamente porque ele pode transmitir mais empatia, sentimentos, emoções… Com isso, quase que um olho no olho, o cliente pode adquirir confiança para acreditar na sua marca.

Não é apenas para assistir, é também para interagir:

Esse quesito talvez seja o diferencial dessa nova era. Pois não mais o cliente é colocado em uma situação aonde ele só ouve, só digere. Ele está lado a lado com a marca, a ponto de interagir, de opinar, de mostrar suas emoções, sejam positivas ou negativas.

Vale lembrar as dezenas de marcas que já tiveram campanhas virais por conta disso. Assim como as que tiveram campanha desastrosas, justamente por não agradar seu publico. Além desses, existem outros pontos tão importantes quanto. Voltados mais para a parte técnica, como por exemplo:

Os mecanismos de buscas preferem conteúdos em vídeo:

Baseados claro, na preferencia do usuário, os mecanismos de busca e seus robots, dão prioridade a conteúdo em vídeos. Justamente porque as pessoas preferem consumir conteúdos assim quando se trata de alguma dúvida especifica a ser solucionada.

Extremamente virais:

É fato que um vídeo bem feito pode se tornar viral em pouco tempo. Uma campanha que mexa com as emoções ou que aborde temas do momento são propensos a cair no gosto das pessoas. Que por sua vez, fazem questão de levar isso adiante. Mostrando para seus amigos, familiares quem quer que seja.

Aumentam a taxa de conversão:

As pessoas preferem conteúdos audiovisuais, além de que os argumentos e mensagens são melhores condensados. Assim as pessoas perdem menos tempo para consumir o conteúdo, solucionando duvidas e se mantendo atualizadas.

Segundo a Forrester, três a cada cinco internautas topam assistir a um vídeo se estiverem interessados em um determinado produto ou serviço. E 52% dos consumidores dizem que vídeos de produtos os ajudam a tomar decisões de compra.

Espero que isso tenha sido o suficiente para te convencer a iniciar a produção de vídeos para a sua marca agora mesmo. Mas afinal, como aplicar o video marketing na sua empresa?

Como aplicar o video marketing na estratégia de marketing da sua empresa?

camera vídeo

Você deve estar pensando que para implantar o video marketing na sua empresa, não deve ser nada fácil. Isso porque quando falamos de vídeos, pensamos em produções hollywoodianas, ou no mínimo “globais”. A arte da propaganda sempre foi algo inalcançável para as pequenas marcas. Até mesmo as médias empresas se arriscam pouco quando o assunto é propaganda em meios tradicionais.

Afinal, não é fácil produzir algo convincente, além de ser extremamente caro. Hoje com essa nova realidade aonde conhecimento e acessibilidade estão mais próximos, ao alcance de um clique. Não há a necessidade de equipamentos extremamente profissionais, nem de mão de obra especializada.

Basta comprometimento, vontade e determinação. Claro que o vídeo perfeito pode demorar algum tempo para sair e que  infelizmente nem sempre as marcas tem esse tempo todo para investir. Mas é possível sim criar um conteúdo que engaje, que deixe sua marca em evidencia e que a transforme em autoridade mesmo sem ter tanto dinheiro quanto as grandes marcas.

Um exemplo disso é o case da Vérios, que já falamos aqui no Video-Marketing.co. Além disso é necessário estratégia, pois é ela que define se uma campanha será bem sucedida ou não. Por isso nós vamos sempre recomendar que a sua marca invista em profissionais capacitados para elaborar estratégias que estejam de acordo com os objetivos da sua marca.

O que não quer dizer que você não possa aprender e elaborar campanhas. Nesse momento, algumas dicas caem bem:

Montando uma estratégia de video marketing para a sua marca

Para elaborar uma boa campanha de video marketing, você precisa imaginar todos os processos. E isso vai desde a produção, a incorporação desse vídeo em redes sociais ou plataforma própria. Até a busca de seu possível cliente em mecanismos de busca. Por isso, algumas perguntas são necessárias:

  • Em que plataforma devo postar meu conteúdo?
  • Para quem esse vídeo será direcionado?
  • O que posso oferecer para minha audiência?
  • Aonde divulgar meu conteúdo?
  • Seja frequente na sua campanha de video marketing
Para quem esse vídeo será direcionado?

É importantíssimo você saber quem é seu publico alvo, o que ele quer, o que ele faz, como ele acharia seu vídeo e porque ele consumiria o seu conteúdo. Além disso, você precisa ter em mente exatamente o que você quer que esse publico faça ao consumir o seu conteúdo.

É conhecer a sua marca, a sua empresa, ir para seu site, ir para uma landing page, ou talvez comprar o seu produto. Tudo isso você tem que ter em mente, antes mesmo de começar a produzir seus vídeos. Outra coisa importante é a plataforma, hoje em dia existem muitas e boas opções. Mas o que vai determinar a plataforma é a sua audiência.

Em que plataforma devo postar meu conteúdo?

As opções são inúmeras e cada uma traz uma particularidade para determinado publico alvo. Realmente não é nada fácil, por isso muitas marcas desistem antes mesmo de começar. Além disso tudo, são muitas perguntas e geralmente quando estamos iniciando não temos todas as respostas.

Mas depois de entender quais as necessidades do seu publico alvo, é importante criar conteúdos que agreguem na vida dessas pessoas. Uma dica é: responda perguntas constantes.

O que posso oferecer para minha audiência?

Vídeos solucionando duvidas são sempre bem vistos e facilmente consumidos pelo publico. Se sua marca está ajudando de alguma forma essas pessoas, com certeza elas serão gratas por isso. Vão acreditar mais facilmente no que você tem a oferecer. Vão se sentir mais suscetivas a comprar o seu produto, porque você gerou autoridade. Pense em amarrar seu marketing a uma missão maior para cultivar um seguimento leal.

De acordo com pesquisas realizadas por Scott Magids, Alan Zorfas e Daniel Leemon , os clientes que estão “totalmente conectados” emocionalmente a uma marca, gastam duas vezes mais em média do que os clientes categorizados como “altamente satisfeitos”. Aproveite isso ao se comprometer com um marketing com carga emocional que faz os clientes se sentir reconhecidos e importantes. Calma, depois de tudo isso vem mais uma coisa importantíssima, a divulgação.

Aonde divulgar meu conteúdo?

Mais uma vez conhecer a sua audiência é fundamental. Porque você precisa saber aonde ela fica mais tempo, de que rede social ela consome mais conteúdo, entre outros. Mais uma vez são inúmeras as possibilidade para a divulgação do seu video marketing. Mas o que você tem que ter em mente é: esse é um passo fundamental para seu trabalho não ser em vão.

Além das redes sociais, outro método muito usado é o email marketing. Se você atribuir isso as suas campanhas com certeza terá um bom retorno, principalmente se o assunto for vendas. Procure sempre levar assuntos relevantes e que possam ajudar seu cliente de alguma forma. Se ele perceber que seu email é apenas uma propaganda, ele com certeza vai ignora-lo.

Outra coisa importante é entender que assiduidade em relação ao contato com seu cliente é fundamental. Assim como na sua campanha de vídeo marketing.

Seja frequente na sua campanha de video marketing

Para um cliente se familiarizar com a sua marca, não basta apenas criar um vídeo, ou uma campanha. É necessário frequência. Justamente para que esse usuário crie uma ligação com a sua marca fazendo com que ele confie na sua proposta. Não adianta você chegar a 100 km/h e não manter. Às vezes é melhor você chegar a 50 km/h, mas ser constante.

Um exemplo disso são as marca que produzem campanhas de Branded Content. Existem séries recorrentes em redes sociais, aproximando assim a marca do seu cliente. A Intimus é um exemplo disso, com a série Marias que é publicada no YouTube. A marca aproxima os seus usuários, criando uma relação de confiança.

Existem outros bons exemplos de video marketing, que você precisa conhecer. Pois eles servem de inspiração e também como um rumo a seguir.

Marketing de conteúdo: campanhas de sucesso usando video marketing

Essas campanhas são baseadas em criar entretenimento (branded content), ao invés de apenas focar em vendas. Eles são criados para reforçar a autoridade da marca no mercado. Se você perceber, a marca muitas vezes nem é citada. Aparece aqui ou ali, mas esse não é o foco. O intuito aqui é criar laços maiores com seus clientes e usuários. Veja os exemplos a seguir:

Google Android: “Friends Furever”

 

 

O vídeo “Amigos Furever” do Android é simples e fofo. Inclusive foi o anúncio de vídeo mais compartilhado de 2015. Enquanto a curação provavelmente demorou um pouco, não houve uma criação de conteúdo original. Porque simplesmente é uma série de clipes de animais improváveis brincando juntos.

No entanto, o vídeo foi compartilhado mais de 6,4 milhões de vezes, de acordo com a empresa de tecnologia de anúncios de vídeo Unruly. Mesmo o mais simples dos vídeos pode ser super compartilháveis, desde que atendam a necessidade da sua marca.

Neste caso os animais demonstram o que o pessoal do Android queria transmitir. Ou seja, experiências compartilhadas. Ao tocar nas emoções dos espectadores, o vídeo tem ampla atração e compartilhamento.

Dove: “Choose Beautiful”

 

 

Dove é um grande exemplo de como trabalhar com o video marketing. Enquanto esta campanha de marketing de vídeo da Ogilvy & Mather Chicago recebeu algumas críticas misturadas com elogios quando foi lançada. Não há como negar que a Dove é adepta da elaboração de histórias e encoraja a comunidade a participar desses momentos.

Ao concentrar-se menos no seu produto e mais em sua missão, Dove tem sido bem sucedida na criação de vídeos virais emocionais que os ajudaram a manter a sua marca na cabeça das pessoas. Pense em amarrar seu marketing a uma missão maior para cultivar um seguimento leal.

De acordo com pesquisas realizadas por Scott Magids, Alan Zorfas e Daniel Leemon. Os clientes que estão “totalmente conectados” emocionalmente a uma marca, gastam duas vezes mais em média do que os clientes categorizados como “altamente satisfeitos”.

Aproveite isso ao se comprometer com um marketing com carga emocional que faz os clientes se sentir reconhecidos e importantes.

GoPro: “Fireman Saves Kitten”

 

 

Se você está familiarizado com o conteúdo gerado pelos usuários do GoPro, você provavelmente notou que este não é seu vídeo típico. A GoPro fez um excelente trabalho para definir sua marca como aventureira e radical. E a grande maioria dos vídeos gerados pelos usuários que eles reutilizam e colocam em seus próprios canais, envolve coisas como saltar de aviões e surfar ondas gigantes.

Mas esse vídeo de um bombeiro que protege uma gatinha de um incêndio, não tem nada disso. Então, por que a GoPro escolheu usar este vídeo para seu próprio marketing? Isso os ajuda a atrair um público mais amplo fora do domínio dos esportes radicais. Ainda é um vídeo único e inspirador, como em sua maioria.

E o tema do “heroísmo cotidiano” está intacto, mas ultrapassa a personalidade típica do atleta da marca. Não tenha medo de empurrar os limites da imagem da sua marca. Encontre formas de mudar a forma como você exibe os vários temas e experimente diferentes tópicos e formatos que possam ajudá-lo a ampliar seu público.

Esses foram alguns pequenos exemplos de video marketing usando branded content que deram certo. A área realmente é muito extensa, apesar de estar sendo explorada a pouco tempo. Um exemplo disso são vídeo feitos para realmente mostrar os produtos, que é o que vamos ver a seguir:

Video marketing para Ecommerce

Não existe uma maneira correta de fazer um vídeo de produto. Dependendo da sua marca, os clientes têm várias expectativas sobre o que querem ver. E eles precisam de alguns “empurrõeszinhos” para tomarem decisões de compra. Mas há algumas coisas que são comuns em todos os melhores vídeos de produtos:

  • Eles contam uma história
  • Eles são curtos
  • Eles são humanos
Eles contam uma história

Sem contexto o vídeo do seu produto não fará nenhum sentido. Você poderia produzir toneladas de vídeos dos produtos, que apenas mostram o item em uma rotação de 360 graus. Mas, qual é o objetivo de gastar dinheiro para produzir um vídeo que você  não pode usar em outro lugar?

Você tem que colocar seu produto ou serviço em um contexto. Seu vídeo precisa fazer sentido para seu cliente. Isso muitas vezes significa que ele precisa ser mostrado em uso. Você pode sim usar vídeos em 360º, desde que eles cumpram com o objetivo e estratégia do seu video marketing. Use vídeos para continuar reiterando os valores da sua marca.

Eles são curtos

Crie vídeos de trinta segundos à um minuto. Especialmente porque vídeos assim são mais fáceis de serem compartilhados em mídias sociais. Sim, é difícil passar uma mensagem em até meio minuto, mas os melhores vídeos de produtos fazem muito bem isso.

Alguns dos vídeos abaixo ultrapassam este limite, mas preste atenção ao que está acontecendo no vídeo. Alguns segmentos de audiência não se importam tanto para o tempo do vídeo. Mas isso depende muito do seu produto e de como está sendo demonstrado no vídeo.

Eles são humanos

O principal ponto de um vídeo explicativo de produto é aumentar a capacidade de relacionamento entre sua marca e seu cliente. O texto e as imagens muitas vezes não conseguem isso. Você quer que a produção de vídeo mostre emoção e honestidade. Você quer que os potenciais clientes sintam como se você as entendesse e falasse diretamente com elas.

Todos os vídeos abaixo realizam cada uma dessas coisas de modo diferente.

Campanhas de sucesso usando video marketing em vídeos de produtos

Nine Line

 

 

Ninguém disse que seus vídeos de produtos precisavam ser sérios. Este vídeo combina o humor da marca com sua linha de produtos de nicho (com excelente narração de áudio). E, faz isso em menos de 30 segundos, sem uma única palavra.

Native Union

 

 

Os vídeos de produtos de tecnologia são muitas vezes os melhores. Você pode agradecer a Apple por isso. Apesar disso, este vídeo mostra aonde a tão famosa marca poderia ter usado um pouco mais de inovação. Native Union conta uma bela história de conveniência para clientes de tecnologia. Este vídeo toca na comodidade e na necessidade, deixando os espectadores mais próximos de uma conversão.

Solo Stove

 

 

Este vídeo mostra o produto em ação, mas também explica o posicionamento da marca e fornece informações sobre como e porque o produto ganhou vida. Este vídeo combina perfeitamente a narração de histórias e a exibição de produtos. Tornando-o perfeito para uso em todos os canais: em uma página de produto, publicidade paga, etc.

Video marketing vai além do YouTube

Mais uma vez vale ressaltar que video marketing vai muito além do YouTube. Você pode posicionar sua marca em diversas redes sociais. Como Facebook, Instagram, Twitte, Linkedin e até mesmo em plataformas novas que estão apontando como concorrentes ao YouTube, como a já citada Twitch.

Mas não deixe de investir em uma plataforma única e exclusiva para sua marca. Blogs e sites ainda são muito importantes para a criação de um laço mais próximo com o seu cliente. Forneça vídeos exclusivos e que agreguem valor aos seus usuários e com isso você pode ter certeza, sua campanha de video marketing será um sucesso.

Você tem alguma dúvida? Ficaremos felizes em responder. E para quem chegou até aqui e continua muito interessado nesse assunto, o Video-Marketing.co tem um presente para você. É o nosso curso de video marketing completo, online e totalmente gratuito (a melhor parte). E que você pode conferir tanto aqui no site, quanto no nosso canal do YouTube.

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post que você vai gostar: